dia_espiritismoPessoal, hoje é Dia Nacional do Espiritismo!

Certamente, esta data representa uma conquista muito importante na Doutrina Espírita, é uma forma de se homenagear o lançamento do “O Livro dos Espíritos” ocorrido no ano de 1857. Esse livro serviu de base para o desdobramento de mais quatro obras: O Livro dos Médiuns (1861), O Evangelho segundo o Espiritismo (1864), O Céu e o Inferno (1865) e A Gênese (1868). Juntas, essas cinco obras constituem a denominada Codificação do Espiritismo.

O Espiritismo considera um espírito imortal no homem, vivências, experiências fora do corpo físico, com intuito de evoluir, alternando vidas e aprendizado num mundo espiritual e retornando num mundo material num processo chamado de Reencarnação. Também há a existência de uma comunicação entre vivos e desencarnados por intermédio de um médium.

De uma forma geral, essa doutrina espírita, codificada por Allan Kardec, visa tratar da natureza, leis de causa e efeito, origem, mundo e destino dos espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal, é um verdadeiro manual de conduta para a vida.

Esse momento histórico despontou para enriquecer o conhecimento humano. A Codificação Espírita nos obriga a uma constante pesquisa, pois é um rico aprendizado com entendimentos dentro das leis morais as quais administram nossa vida material e espiritual.

A moral espírita foi imutável e universalista para compreendermos gradativamente de acordo com nossa evolução intelectual, seus princípios básicos nos indicam que não se sujeitam a dogmas nem tampouco é uma frágil seita sujeita a ações obscuras sempre criadas pelo homem com várias finalidades.

O estudo da doutrina nos proporciona melhor lucidez das Leis de Deus que regem o mundo, entretanto, compete a cada um de nós o estilo e a forma de nossa caminhada, afinal Jesus Cristo nos ensinou o caminho certo, mas decidimos por onde trilhar, esse é o nosso livre arbítrio.

Kardec nos deixou algumas afirmações: “A fé inabalável é somente aquela que pode encarar a razão de frente em todas as épocas da humanidade” e, dessa forma, cumprir o primeiro mandamento que Jesus nos ensinou: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”.

Desejo muita luz Divina a todos! Viva o Dia Nacional do Espiritismo!

Beijos,

Márcia Fernandes