BLOG GRANDE INTERNO_AS PLANTAS TAMBEM SENTEM

 

Você certamente já ouviu alguém dizer que uma planta morreu por causa de olho gordo.

Vocês sabiam que as plantas reagem com emoções (medo, amor, ódio, angustia, tristeza) ao ambiente em que vivem? Sim, elas têm reações emocionais assim como nós!

Segundo o Instituto de Pesquisas Imagick, as plantas reagem às emoções humanas, lêem nossos pensamentos e se comunicam conosco por telepatia.

Cleve Back, o homem que criou para a inteligência americana o polígrafo (detector de mentiras), usou este aparelho nas plantas. Ao falar perto delas que as mesmas iriam morrer sem água, elas reagiram de forma negativa, como que assustadas, e provocavam movimentos abruptos como se estivessem se debatendo.

Cientistas no laboratório de Delaware em Oxford na Inglaterra, fizeram um teste com doze vasos com sementes de feijão. Seis destas sementes foram tratadas com amor e palavras lindas e seis foram insultadas diariamente. Resultado: os seis vasos amados cresceram e os outros seis não.

James Stegner, do laboratório de Airglow em Pittsbourg na Pensilvania, trabalhou 60 dias mencionando apenas palavras de amor para uma arruda, pedindo para que ela produzisse uma flor. Pasmem, a flor nasceu!

Estes são apenas alguns exemplos de como as plantas precisam de amor e carinho assim como nós. Ninguém gosta de cobrança e reclamação o tempo todo.

Que tal hoje não criticarmos nossos filhos, pais, amigos, namorado? Vamos tentar? Eu vou agradecer e elogiar a tudo e a todos. E você?

 

Beijos,

Márcia Fernandes.